fbpx

Funcionários da Câmara Municipal de Cotia terão vale refeição de R$ 55,00 a partir de 2022

Já era bom, mas vai ficar ainda melhor.

O ticket refeição dos funcionários da Câmara Municipal de Cotia passará de R$ 880,00 mensais para R$ 1100,00.

Considerando que cada funcionário trabalha de segunda a sexta-feira, o valor disponível por dia para cada um dos funcionários ficará na ordem de R$ 55, o que lhes garante almoçar todos os dias nos melhores restaurantes da cidade.

A correção de valores foi proposta por ato da Mesa da Câmara, sob presidência do vereador Celso Itiki (PSD) e secretaria dos vereadores Paulinho Lenha (MDB) e Edson Silva (PR)). E passa a valer a partir de 1º de janeiro de 2022.

Só a título de referência, em um famoso restaurante especializado em carnes da Granja Viana,  o menu executivo composto por parmegiana acompanhado  de arroz e fritas custa R$ 49,00. Na região da Prefeitura tem restaurante com opção de churrasco completo por R$ 48,90.

De acordo com o Portal da Transparência do Legislativo cotiano, a Câmara municipal possui 153 funcionários na ativa, o que significa que no acumulado, em 2022, pelo menos R$ 2 milhões serão para custear o vale refeição dos funcionários.

Não que os funcionários não mereçam desfrutarem da boa mesa. Merecem, assim como todos os trabalhadores, sejam eles funcionários públicos ou não, todos tem direito de se alimentarem com qualidade. Mas até que ponto é moral esse benefício quando estamos falando e dinheiro público?

E, de novo, só a título de comparação, no dia 28 de outubro, a Câmara Municipal de São Paulo, cidade mais rica do Brasil, também reajustou o vale refeição de seus funcionários, que será de R$ 21,81 a partir de janeiro.

Mais de 50 milhões para 2022

De acordo com a Lei Orçamentária Anual (LOA) que tramita na Câmara Municipal para 2022 e que deve ser votada nos próximos dias, a previsão orçamentária da Câmara Municipal é de R$ 50.735.000,00, o que significa que cada um dos 15 vereadores tem um custo de aproximadamente R$3,4 milhões por ano. Claro que nesse valor estão inclusos todos os gastos para a manutenção da estrutura administrativa da Casa cujos personagens principais são os vereadores.

Por fim, bom apetite aos funcionários da Câmara Municipal e que eles nunca precisem rachar o almoço.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *