fbpx

Podcast: crimes de estupro voltam a crescer em São Paulo

Os crimes de estupro voltaram a crescer no estado de São Paulo. Os registros do crime, que tinham caído no início da pandemia da Covid-19, cresceram 13% no interior do estado em 2021 e 19,5% nos municípios da região metropolitana da capital paulista.

A análise é do Instituto Sou da Paz, feita a partir de dados compilados da Secretaria de Segurança Pública do estado e das Corregedorias das Polícias Civil e Militar do Estado.

Para Cristina Neme, coordenadora de Projetos do Instituto Sou da Paz, o crescimento ainda é impacto da pandemia do coronavírus, que deixou  mais invisível um crime que normalmente já é muito subnotificado e que agora começa a aparecer.

O mais grave é que as pessoas vulneráveis são as maiores vítimas. Dos 4.441 estupros registrados no primeiro semestres desse ano, 77%, praticamente oito a cada dez, foram em pessoas que não conseguiam oferecer resistência à violência, seja por motivos como embriaguez, deficiência física, mas principalmente, por serem crianças.

Nessa população os casos de estupros cresceram 17,5% comparado com o primeiro semestre do ano passado. O homicídio de mulheres, incluindo os feminicídios, também cresceu, mas o aumento foi bem menor: 2,6% em todo o estado.

O que diminuiu também foi a violência policial. Os policiais foram responsáveis por 351 mortes no primeiro semestre de 2021. 34% a menos que as mortes registradas no mesmo período no ano passado.

O número de policiais assassinados caiu 61%. Nos primeiros seis meses do ano, 11 policiais foram mortos. No ano passando foram 28.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *