fbpx

“Temos que nos basear em dados técnicos”, diz Rogério Franco sobre decreto de Bolsonaro

Cauteloso, o prefeito de Cotia Rogério Franco diz que não é a favor nem contra o decreto do Presidente Bolsonaro que autoriza a abertura de academias, salões de beleza e barbearias colocando-os na categoria de serviços essenciais.

No entanto, o prefeito de Cotia afirmou que  na sua opinião o decreto de Bolsonaro foi baseado em um ação política. “Temos que nos basear em dados técnicos. Prefiro ser penalizado por ter salvados vidas”.  Disse que iriai aguardar o pronunciamento do Governador João Dória, de quem vem seguindo as orientações e reforçou a necessidade de isolamento.

A cidade  Cotia, segundo ele tem uma taxa de mais de 8% de mortalidade. De acordo com balanço divulgado pela Vigilância epidemiológica, até esta terça-feira 34 pessoas morreram por conta do covid-19 e outras 13 mortes estão sendo avaliadas.

Fonte: Prefeitura de Cotia

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *